3 de dezembro de 2007

A arte da paquera


Fico muito chocada com a quantidade de héteros que não sabem flertar. Ontem fui agredida por um rapaz que tentava me conhecer melhor. Gente, né assim não. O cara chega do meu lado e me taca um tapa no ombro. Óbvio que eu vou ficar indignada. Pedi pra não fazer de novo, e ele fez de conta que entendeu, mas não, porque tacou outro. E tava achando que tava funcionando. Aí fui grossa mermo, taquei um "shoo" pra cima dele e virei a cara. Não dá, meu povo, não dá.
Ainda achando que tava abafando, ele me cedeu espaço pra pedir minha bebida no bar. Assim que eu saí, ele me chama pra um "lugar mais legal". Amigo, fala sério. Não funcionou da primeira vez, não vai funcionar agora.

Ok. Não pode:

Bater
Gente, agressão não leva a nada, muito menos a ganhar alguém. Sério mesmo. Eu sempre leio na Nova que essas "brincadeiras" de homem de ficar batendo, fazendo cócegas e afins é uma maneira de mostrar que gosta. Meu ovo. Não gosto.

Chamar pra um canto mais legal/sossegado ou qualquer outro adjetivo sacana
Não não! Não mesmo. Se a menina topar de cara é porque vai cobrar no fim da noite. Ninguém fica assim do nada. E digo mais, dá muita raiva. Quem diabos quer ser tratada como mero objeto de desejo de um cara blá qualquer?

Usar cantadas prontas tipo "Vem sempre aqui?"
Receitas não funcionam. Dá até pra tentar ser engraçadinho, mas usar as frases que toda mulher já ouviu na obra da esquina da casa dela não vai te ajudar em nada. Você será tão importante quanto o pedreiro.

Abraçar/agarrar/tentar beijar
Sair agarrando é patético e desesperado da sua parte. Não faça nunca. É carnaval? Tenha classe e respeite os outros. Certeza que você pode até pegar menos gente, mas sua reputação fica intacta. Essa regra aparentemente não vale pra micaretas.

Ficar conversando com os peitos ou outra parte com conotação sexual
Numa conversa é esperado que se olhe nos olhos. Os únicos que podem estar olhando pra outra coisa são os vesgos, os demais, sigam a regra.

Pegar na mão do nada
Certo. A menina tá passando entre as pessoas e um mané fica segurando a mão dela fazendo com que ela se perca dos amigos. É legal? NÃO.

Puxar os cabelos
Cabelos são uma parte muito importante do visual de uma mulher. Destrua o cabelo dela e ela destruirá você. E depois, se é pra conquistar assim, volta pro tempo das cavernas, meu filho.

Chamar de gostosa
Mesma coisa de cantadas batidas. O cara da construção fala todo dia. Tem graça? Não.

Gritar na orelha
Ok. Você criou coragem e foi conversar com a menina. O único problema é que o som está muito alto e não dá pra ouvir, então você começa a gritar no ouvido da pessoa. Não ter noção de volume é péssimo, sem falar que sempre acaba babando na orelha. Nojento. Proteja com a mão pra abafar um pouco a voz e preservar o tímpano da pessoa.

Agora, as coisas que podem dependem muito, meu povo. Cheguem sutilmente, conversem, ofereçam pra pagar um drink. Gentileza cai bem sempre. Mesmo.

E pra consolar as moças que já foram vítimas dessas paqueras medonhas: Até famosas passam por isso. Sério. Tá aqui a prova, no Shoe-me.

2 comentários:

Dj Davinci disse...

podem me chamar de gostoso e me chamar pra um canto mais calmo, não em incomodo não. se for uma pessoa descente ela pode chegar até com o "how r u doin?" q eu tbm n me incomodo.

eu sou um puto msm.

kkkkkkkkkkkk

Eduardo disse...

Gostei da dica da mão abafando o som.

by TemplatesForYou-TFY
SoSuechtig, Burajiru