14 de outubro de 2008

Algodão doce, Amy?


Criatividade é uma coisa que não tem limites. É bonito de se ver. Amy e seus amigos poderiam estar em uma divertida série tragicômica de TV. Ia ser lindo, mas estão inventando bizarrices na vida real. Olha que beleza. Amy, uma talentosa inglesinha de 24 anos que alcançou fama mundial chorando as pitangas depois que o inútil do seu ex-namorado lhe deixou (depois ele voltou e casou e foi preso como todo mundo tá cansado de saber) e que agora "siacaba" de usar drogas, bebidas e o que mais tiver a fim sem se importar com que diabos vão dizer, comprou uma divertidíssima máquina de fazer algodão doce.


É divertido mesmo. A gente já teve uma aqui em casa. A nossa não era tão chique quanto essa que o Shoptime vende hoje em dia, mas enfim. A Amy gastou a bagatela de 700 libras nessa maquininha. Sabe quanto é isso? Quase 2.600 reais. Doeu? Em mim também. Deve ser mais do que ela gasta semanalmente com drogas.

Enfim, ela comprou e adorou a máquina. Acho até bacana porque ela tá precisando de açúcar mermo. Se alimenta, Amy. Mas eis que o espivetado amigo Mik Whitnall, guitarra da banda do Pete Doherty, Babyshambles, deu a fantástica idéia de adicionar um ingrediente secreto na máquina. Adivinha? Cocaína, meus caros, cocaína. Assim dava pra ter o barato do açúcar e da coca ao mesmo tempo. Wow. Que mágico!


As crianças adoram!

Com amigos assim, Amy vai longe. Tomara que ela não compartilhe esse docinho com crianças, amém. E a aposta continua. Whenwillamywinehousedie?

3 comentários:

Ton disse...

ela colocou o cabelo dela na máquina ou pôs o algodão doce debaixo do cabelo?

iris disse...

É, acho que ela usa essa máquina pra ajeitar o algodón que é a peruca!

iris disse...

Pera, ela não fez 25 anos? Passou um Multishow especial sobre isso, né?

by TemplatesForYou-TFY
SoSuechtig, Burajiru